Secretário de Segurança diz que oficiais da PM não possuem maturidade profissional

Secretário de Segurança diz que oficiais da PM do Acre não possuem maturidade profissional e inicia crise na instituição

Um áudio polêmico circulou nas redes sociais no início da noite deste sábado, dia 10. A voz supostamente seria do secretário de segurança, coronel Paulo Cézar.

De acordo com ele, os oficiais da PM não possuem maturidade profissional e se vitimizam diante de uma operação conjunta realizada na manhã e tarde de hoje na transacriana.

“Esse vitimismo da PM é muito complicado, essa necessidade de estar sempre na defesa, na verdade é uma operação conjunta, eles tem que compreender isso, isso é falta de maturidade”, declarou o secretário.

Os oficiais da PM estariam discutindo a operação em um grupo de whatsapp.

De acordo com um oficial que não quis ter o nome identificado, a crítica principal era de que a operação era pirotécnica, apenas para fazer marketing, mas que não resolvia o problema dos moradores da região. Um oficial próximo a Paulo Cézar estaria repassando o que estava sendo comentado para o secretário que atacou a capacidade intelectual dos oficias da instituição.

“A gente até admite um major que não teve uma formação inicial adequada, que não passou por um aperfeiçoamento adequado, mas  se vê comandantes entrando neste tipo de debate é complicado, percebe-se que o capital intelectual da instituição está fragilizado e isso acaba afetando a inteligência emocional dos membros do estado maior”.

O espaço deste site está aberto para o secretário se manifestar.

Comente no Acre in foco usando sua conta no Facebook

Veja também

Bares, restaurantes e academias exigirão comprovante de vacinação em NY

Polícia Civil prende dois e apreende arma de fogo em comunidade isolada em Sena Madureira

Share on Twitter Share on Facebook Share on LinkedIn Share on Email Share on WhatsApp …

Motociclista é arrastado por carro em grave acidente na BR-364

Share on Twitter Share on Facebook Share on LinkedIn Share on Email Share on WhatsApp …

3 Comentários

  1. Se ele não tivesse sido meu instrutor no CFO, certamente eu teria mais maturidade hoje.

  2. O que seria maturidade profissional? O comum reage sem que antes se permita uma reflexão profunda diante uma crise. O diferente, o ponderado se permite, antes de uma manifestação sob estresse, o direito do pensar, do refletir o porquê, o como, a circunstância,…, para aquilo que é preciso uma solução.

    Ignorando a definição gramatical do termo, e pensando de maneira simplista, entendo maturidade profissional como a capacidade que alguém demonstra, em situações adversas, de fazer diferente, tornar simples o complexo. É demonstrar equilíbrio, sensatez, resolver com simplicidade o que parece ser impossível. É reagir com racionalidade, sem vaidades pessoais e direcionado à solução do que lhe posto em perfeita observância da norma que regula os seus atos no exercício do dever.

    Maturidade profissional é absorver com naturalidade as críticas construtivas. É se despir do egocentrismo infantil. É silenciar para o insensato. É rebater com inteligência e racionalidade aquilo que não faz sentido e que precisa cessar. Maturidade profissional é estar em plena sintonia com DEUS, e direcionado à prática do bem servir.

    Dada a oportunidade da manifestação, e fazendo alusão à educação familiar, aos longos anos de estudo acadêmico, às experiências do dia a dia policial militar, a dialética das concepções pedagógicas, entre outros espaços de construção do processo ensino-aprendizagem, tenho a plena certeza de que o conjunto didático-pedagógico desses eventos, me permite uma visão não perfeita, mas uma visão lógica, racional, desprovida de vaidades pessoais, para a execução do que me foi confiado: A DEFESA DA VIDA E DA SEGURANÇA DA NOSSA COMUNIDADE. Vida, bem maior tutelado pela CARTA CONSTITUCIONAL.

    MAJ PM M. JORGE

    MAJ PM M JORGE

Follow us on Social Media