Bolsonaro se entrega ao Centrão e governo e STF terão que fazer concessões

Bolsonaro se entrega ao Centrão e governo e STF terão que fazer concessões

Segundo O Anatagonista, a Nota Oficial divulgada por Jair Bolsonaro faz parte de um grande acordo nacional que prevê mudanças substanciais na política de Jair Bolsonaro.

"O acordo consiste na rejeição da ação que pede no Supremo a derrubada dos decretos das armas, uma nova regulamentação em torno da reserva Raposa Serra do Sol e a transferência do inquérito das fake news para Augusto Aras — evitando que ele avance sobre Jair Bolsonaro e seus filhos", -afirma o jornalista Cláudio Dantas
A reportagem explica que o acordão inclui a rejeição da ação que pede no Supremo a derrubada dos decretos das armas, uma nova regulamentação em torno da reserva Raposa Serra do Sol e a transferência do inquérito das fake news para Augusto Aras — evitando que ele avance sobre Jair Bolsonaro e seus filhos.

Prevê ainda  a aprovação de uma PEC para restringir a atuação do Supremo a temas constitucionais (de difícil tramitação), a aprovação de um ICMS fixo e do Auxílio Brasil; além da solução para os precatórios (nas mãos do CNJ) e, claro, a aprovação do nome de André Mendonça para o STF, além do apoio para se candidatar a deputado federal em 2022 e presidir a Câmara após o biênio de Lira.
Aqui, a matéria do site O Antagonista: Com Supremo, com tudo!
A revogação pelo STF, do mandado de prisão do jornalista Oswaldo Eustáquio na manhã desta sexta-feira (10/09), um dia depois de Bolsonaro divulgar a carta soou para muitos como um  aceno da Suprema Corte e uma resposta a Bolsonaro. O Habeas Corpus de Zé Trovão deve ser apreciado nas próximas horas. O próximo passo é o arquivamento dos inquéritos e a liberdade de Roberto Jefferson, Daniel Silveira e Wellington Macedo. Leia Aqui
Foto R7
Comente no Acre in foco usando sua conta no Facebook
Follow us on Social Media