Bem vindo ao AcreinFoco   Clique aqui para ouvir o texto selecionado no AcreinFoco.com! Bem vindo ao AcreinFoco

Vice-governador Major Rocha vai depor na CPI da Educação

O vice-governador Major Rocha que foi o autor das primeiras denúncias de possíveis irregularidades na Secretaria de Educação do Estado, deverá ser um dos primeiros depoimentos da CPI.

Inicialmente os deputados avaliam que a contribuição do Major Rocha (PSL) poderá ajudar os trabalhos. A princípio foi dele a denúncia sobre a suspeita de superfaturamento na compra de computadores; a de possível superfaturamento na aquisição de cestas básicas para serem distribuídas aos alunos carentes; a da compra de livros distribuídos gratuitamente pelo MEC, entre outras.

Nesse sentido Rocha que usa sua rede social para postar suas dúvidas em relação à lisura das ações do governo, afirmou neste final de semana que o governador que deve mais de 20 milhões a trabalhadores de empresas terceirizadas, gastou, entre fevereiro e março de 2021, centenas de milhares de reais em toner, cartuchos de impressora e material gráfico supostamente para educação. Sendo que a maioria dos serviços e dos trabalhadores estão em home Office.

Além disso, o SEI (Sistema Eletrônico de Informações), ao qual as instituições e órgãos do governo estão integradas, digitaliza o trâmite dos processos administrativos do executivo. Agora os alunos estão sem aulas presencial e os professores em trabalho remoto, onde e como se gastou tudo isso? Quer saber o vice-governador.

Ao mesmo tempo o governo gasta com locação de ônibus escolar. Em 2019 a União entregou grande frota própria via recurso do FUNDEB.

Agora a expectativa é que as informações do vice-governador, oficialmente prestadas à CPI, ampliem o leque de investigações.

Dessa forma, veja os gastos do estado do Acre com a educação em 2021:

  • Foram gastos o equivalente a mais de 10 mil kg de toner e cartuchos de impressora, um total de R$ 610 mil reais
  • Em material publicitário e gráfico foram gastos R$ 468 mil
  • Para digitalização e encadernação foram gastos R$ 365 mil
  • O Estado gastou R$ 229 mil no pagamento de serviços de transmissão e retransmissão apesar da  TV aldeia poder disponibilizar esse tipo de conteúdo a custo zero
  • R$ 169 mil para Kit aluno
  • Embora a maioria das escolas sejam climatizadas o Estado gastou R$ 279 mil para a aquisição de ventiladores
  • R$ 1 milhão e 373 mil para uma empresa, mais R$ 400 mil para a mesma empresa a título de reconhecimento de dívida e outros R$ 104 mil para a dita empresa de construção
  • Mesmo com aulas remotas e o Estado contar com a frota própria de mais de 200 ônibus onde 110 ônibus foram recebidos do governo federal o Estado gastou R$ 53 mil para a locação de ônibus para transporte escolar durante a pandemia onde não existem aulas presenciais

“Aí estão os gastos de fevereiro e março de 2021. Um bom início para os deputados puxarem a investigação”, disse o vice-governador.

Por outro lado o assessor especial do governo, Moisés Diniz (PP), respondeu as acusações em outro vídeo também postado nas redes sociais.

Em suma assista os dois vídeos e tire as suas conclusões:

 

Vídeo do Major Rocha:

Como resultado Moisés Diniz gravou o vídeo resposta:

 

Veja também

Esquentou: Gérlen Diniz chama Mazinho Serafim de caloteiro e pilantra

Esquentou: Gérlen Diniz chama Mazinho Serafim de caloteiro e pilantra

Share on Twitter Share on Facebook Share on LinkedIn Share on Email Share on WhatsApp …

Jorge Viana não descarta a possibilidade de disputar o governo do Acre em 2022

Jorge Viana não descarta a possibilidade de disputar o governo do Acre em 2022

Share on Twitter Share on Facebook Share on LinkedIn Share on Email Share on WhatsApp …

Follow us on Social Media
Clique aqui para ouvir o texto selecionado no AcreinFoco.com!